Não entendo essa perseguição obsessiva à obra de PauloFreire, um intelectual que pode ser estudado da mesma forma que tantos outros.

De verdade, é necessário educar crianças e jovens para concordar e discordar, nunca para a subserviência ao pensamento de teórico X ou Y.

A orientação pedagógica libertadora, à luz de Freire, jamais foi hegemônica nas práxis dos professores das escolas brasileiras. Os problemas da nossa educação têm raízes mais profundas.

Um comentário em “Paulo Freire

  1. Para ser sincera, acha que falta na atual política educacional brasileira conhecimento sólido, aquele construído em bases filosóficas consistentes, que permite o diálogo respaldado em argumentos. Estamos fartos de ideólogos de todas as matizes, tornando nossa sociedade pobre em capacidade reflexiva, movida por modismos do politicamente correto.

    Curtir

Deixe uma resposta para Ieda Maria Araújo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s