Nos últimos dias fui supreendida com diversas mensagens de estudantes, professores e gestores de unidades de ensino da rede estadual, algumas expostas, publicamente, outras mais reservadas. Todas elas carregadas de um conteúdo de gratidão, fruto, tão somente, da generosidade dessas pessoas. Na verdade não fiz mais do que minha obrigação, durante os dois anos e sete meses que estive secretária de educação. Apenas trabalhei, ofereci o melhor de mim, fui respeitada pelo governador e tive a felicidade de contar com os melhores técnicos da Educação, sem querer saber, absolutamente, se tinham ou não vinculação, simpatia a um dos partidos políticos da base do Governo.

Tais pronunciamentos vieram se juntar a outras vozes bastantes recorrentes, nos últimos  seis meses, de escolas que receberam um ou mais itens: kits de laboratórios de Ciências, utensílios de cozinha, kits de conjunto aluno,  mesa e cadeira do professor, fogão, geladeira, freezer, computadores, liquidificadores, móveis para bibliotecas, armários, colchonetes, parquinho, aparelho de TV, aparelhos de ar condicionado, ventiladores, sofás, mesas, cadeiras, racks e etc. Essas entregas ainda não foram concluídas. Muitos itens ainda em estoque para os caminhões darem saída. As escolas todas definidas anteriormente. Atentem para esse detalhe.

E mais:

“Nossa, professora, finalmente recebemos as poltronas do auditório! Parece um sonho. Muito obrigada. Sabemos que foi resultado do trabalho da sua gestão.”

Escolhi dois depoimentos, transcritos a seguir, o primeiro de Victor de Jesus, estudante da Escola Estadual de Tempo Integral Winston Churchill:

“Estamos muito felizes pela chegada das nossas poltronas. Os estudantes da Winston Churchill, junto com a gestão da escola, vos agradece pelo belo trabalho desempenhado na secretaria de educação e cultura do nosso estado. Obrigado, professora Cláudia Santa Rosa.”

O segundo depoimento é do professor Marlyton, que integra a equipe docente da mesma unidade de ensino:

“Esta é a cara do novo auditório do Winston Churchill. A estrutura vem se melhorando. Falta a instalação dos aparelhos de ar (que estão nas caixas ao fundo). Nosso pedagógico funciona: em 2 anos, saímos de 05 aprovações para 39 no Enem – fora outros sonhos realizados e não catalogados.

Apostemos nesse modelo. Ele roda. Ele funciona. Assombram-nos vozes de desestruturação desse modelo. @claudiastarosa e @marciagurgelribeiro, vcs representam forças femininas educacionais deste estado. Por favor, olhem os resultados das escolas. Olhem para o que está construído. Não deixem morrer o que já está com resultados floridos.

Agradeço a Cláudia S. R. por saber que isso é parte ainda de sua gestão. E agradeço a Márcia G. R. por saber que sua força e seu trabalho na educação são tão grandiosos também.

Felicidades e bom proveito a todos nós do Churchill.”

Respondi a ambos em mensagens separadas:

Que lindo, Victor! Fico muito feliz. Trabalhamos bastante nesses processos. Fizemos muitas entregas às escolas em todo estado. Deixamos muitos materiais e equipamentos em fase de distribuição, outros com prazo para os fornecedores entregarem à Seec. Muitos processos ficaram finalizados, outros tantos abertos. O mais importante é que os benefícios cheguem até vocês. Parabéns por entenderem a origem dos frutos colhidos neste momento e obrigada pela confiança de que daria certo. Beijos para todos. Uma hora dessas irei visitá-los. 

Professor @marlyton.lp, jamais esquecerei seu carinho, seu ombro fraterno, sua cumplicidade pedagógica, a acalentar meu choro, em fevereiro de 2017, no Hotel Praiamar, quando muitos diziam que escolas de tempo integral no RN era loucura da minha cabeça.  Obrigada a você, a toda equipe da Winston Churchill e das demais escolas e centros de educação profissional. Aos estudantes, de modo especial,  pela resiliência, por terem acreditado. Ficará cada vez melhor. Deu certo!

Olha, não acredito que a governadora @fatimabezerra13 vá permitir que matem um jardim que já floriu. Em 10 anos estaremos entre os melhores do país.

Pena que a burocracia faça as escolas aguardarem por muitos meses e até por um ou   dois anos para que certas aquisições sejam finalizadas. As licitações são morosas e nem sempre exitosas de primeira, lamentavelmente. Espero que o restante dos processos de aquisições, anteriores ao ano de 2019, sejam concluídos com brevidade. Fico a torcer que os novos, abertos na atual gestão, tramitem de forma mais célere para continuarmos em crescentes avanços. 

O auditório ficou lindo, embora tivesse ficado melhor com a predominância de cores mais neutras, mas essa é outra história. De importante mesmo: as escolas aguardavam e, sim, estão a melhorar, professor Marlyton! Nós sabemos.

2 comentários em “As escolas aguardavam essas entregas

  1. Os que estavam envolvidos com o administrativo e pedagógico, na sua gestão , sabem que essas entregas estão sendo feitas agora porque o tempo que a burocracia exige, você vivenciou com sua equipe.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s