Tem sido muito difícil nossos prédios escolares resistirem às chuvas que caem no RN. Infelizmente essa situação não é nova. Ora, se o quadro atual é difícil, até o ano de 2017 era pior ainda, porque o Estado não contava com nenhuma estratégia de manutenção.

Porém, em substituição às justificativas que, meramente, culpabilizam gestões anteriores, seria interessante que o órgão gestor passasse a divulgar os processos abertos por ano, quais os licitados, quais executados, quais as escolas entregues com suas obras concluídas.

 Trabalho na Escola Estadual de Tempo Integral Dr. Manoel Dantas. Quando fui secretária ela não foi reformada porque priorizamos aquelas que estavam em situação pior, inclusive prédios centenários que há décadas aguardavam uma obra. Agora não tem mais como a nossa aguardar. Desde 2019 que a direção informa sobre os riscos de algumas áreas. Nas últimas chuvas o teto virou uma “peneira” e os ambientes foram alagados. Providências são necessárias.

87A6591B-832D-442D-9313-BA3D8C82601A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s