Há quase um ano estive na Rádio 98 FM para dialogar sobre a retomada das escolas às aulas presenciais. O drama continua: milhares de alunos ainda não tiveram o direito de retornar às salas de aula.

A pandemia exigiu que as escolas transbordassem e se materializassem para além dos prédios, por meio do ensino não presencial. Infelizmente a exclusão digital é uma realidade e deixou de fora pelo menos dois terços de crianças e jovens da possibilidade de aprenderem e de manter o vínculo com seus professores.

Quando há conectividade e equipamentos o estudante pode ter uma “sala de aula” disponível 24h, mas para fazer sentido é preciso o professor que o oriente para um uso que agregue à formação acadêmica. O professor precisa oferecer indicações, roteiros, um fichário com links úteis às pesquisas. Isso não foi e não tem sido possível para a maioria.

Nesse momento, mais do que nunca, é preciso que todos retornem às escolas e que as equipes escolares tenham clareza sobre o que os estudantes precisam aprender, o currículo essencial. O tempo não permitirá trabalhar todos os conteúdos e saber fazer escolhas será importantíssimo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s