Cláudia Santa Rosa – professora
Eleika Bezerra Guerreiro – professora

Somos professoras de gerações diferentes. Quando uma nasceu a outra já estava na docência há mais de uma década. O nosso encontro se deu no Instituto Superior de Formação de Professores Presidente Kennedy, Eleika era a Diretora Geral e Cláudia uma aluna da graduação que conciliava a formação acadêmica com a prática numa sala de aula dos anos iniciais. Da convivência, aos poucos, nasceu o vínculo. Em 1996, nos tornamos cofundadoras da Cooperativa de Professores do Rio Grande do Norte que reunira algumas dezenas de colegas professores. No mesmo ano, a Cooperativa, então presidida por Eleika, criou a Escola Freinet, dirigida por Cláudia nos seus quatro primeiros anos. Enfrentamos o desafio da implantação de um projeto educacional ousado: trabalhar na mesma sala de aula com crianças de estratos sociais diferentes. Planejamos bem e defendemos esse projeto publicamente. Deu certo!

Mais tarde, deixamos a Cooperativa para nos dedicar ao Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), organização social que fundamos, no dia 1º de novembro de 2004, junto com um grupo de pessoas tocadas pela causa da educação pública. É curioso, mas até o nome do IDE tivemos a ideia ao mesmo tempo, cada uma em sua casa. Como pode? Não sabemos. Convergência de um ideal, talvez! O desejo de ajudar a Educação a seguir fez sempre muito sentido para nós duas. Com o IDE, quisemos alcançar o que não era exatamente o objeto da existência da Cooperativa: a luta por uma escola básica pública decente.

Lançado, o IDE logo passou a ser referência no debate sobre Educação, chegando a romper os limites geográficos do Rio Grande do Norte – RN. Fomos insistentes, nos revezamos, ocupamos todos os espaços possíveis. Pautamos, entre outros temas, sobre a necessidade do Estado planejar a sua Educação, fazer as escolas funcionarem com regularidade, garantir o mínimo indispensável: o professor e os 200 dias letivos. Imerso em indicadores educacionais sofríveis, até o ano de 2015, o RN não teve um Plano Estadual de Educação, patinava à própria sorte, acumulando a herança perversa da mediocridade política da maioria dos gestores públicos que teimava/teima em, na prática, apenas alinhavar a prioridade posta em seus discursos.

Em 2012, Eleika se afastou do IDE para pleitear outro espaço e ampliar a pauta de toda uma vida: um mandato de Vereadora, na Câmara Municipal de Natal. Cláudia seguiu no IDE com a luta de sempre, até assumir o cargo de Secretária de Estado da Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte, de maio de 2016 a dezembro de 2018. Na Secretaria encontrou um Plano Estadual de Educação e fez dele o guia da sua gestão. Não foi fácil, enfrentou muitos desafios para instalar a cultura do planejamento naquele órgão, não por culpa dos servidores, mas pelas debilidades históricas conjunturais. Cláudia deixou o cargo de Secretária orgulhosa com as realizações da sua equipe em tão pouco tempo. O planejamento funcionou.

No atual contexto de pandemia do novo coronavírus, a educação tem sido fortemente atingida. Com professores e estudantes em suas casas, lacunas nas aprendizagens se acumulam, evocando o planejamento que sempre lutamos. Planejar, executar ações por etapas se faz necessário, especialmente para as escolas reabrirem em condições apropriadas. Convém indagarmos: qual é o planejamento e quais foram as ações já executadas pelas secretarias de educação para conter os riscos de contágio, garantir as equipes das escolas completas e o nivelamento das aprendizagens? O IDE já apresentou suas contribuições em documento às autoridades do setor. Não queremos crer que a improvisação ainda tenha espaço na educação potiguar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s