Tem sido recorrente, mas no domingo de Carnaval um ocupante de cargo comissionado do Governo Fátima Bezerra se superou: resolveu ir ao Facebook agregar simpatia e apoios ao seu nome, se aproveitando da dificuldade do Governo do Estado de reajustar o Piso Salarial dos Professores da forma como a categoria esperava e que é merecida.

O teor da postagem revela as pretensões de quem fala como se fosse representante dos professores junto ao executivo e não um auxiliar do Governo. Os escritos não deixam dúvidas: com aliados assim, a Governadora passa a sofrer oposição de dentro da sua própria equipe.

O tal internauta é enfático: o Governo tem que melhorar a proposta para reajustar o piso salarial dos mestres em 12,84%. Sim, é ousado e manda um recado: não faz questão do cargo, seu compromisso é com a categoria, louco para ser exonerado por esse motivo e ganhar o discurso ideal. Atenção: Quem não faz questão dessa pessoa no cargo é quem trabalha com seriedade (EU, por exemplo) e vem sofrendo perseguição sistemática, por não somar ao projeto pessoal dessa figura.

Em todo caso, convém aguardarmos. Há quem diga que daqui para os primeiros dias de abril ou entre julho e outubro próximo, o real motivo de toda essa “fidelidade” aos colegas docentes aparecerá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s